terça-feira, 27 de março de 2012

Temporada de 1980

      Amistoso de 1980
03/02 Internacional 0 x 1 Cascavel
06/02 Internacional 1 x 0 Chapecoense
10/02 Internacional 1 x 3 Bahia
13/02 Internacional 3 x 1 São Paulo
07/06 Internacional 3 x 1 São Paulo de Rio Grande
23/08 Internacional 7 x 0 Maghreb Association Sportive de Fès - Marrocos
27/08 Internacional 1 x 1 Seleção do Qatar (Estádio Khalifa Olímpico)
30/08 Internacional 2 x 2 Roma - ITA (Estádio Olímpico de Roma)
01/09 Internacional 2 x 2 Barcelona - ESP (Estádio Camp Nou)

        Campeonato Brasileiro de 1980
23/02 Internacional 1 x 2 Itabaiana
28/02 Internacional 3 x 1 Mixto
02/03 Internacional 0 x 1 Flamengo
05/03 Internacional 3 x 2 Ferroviário (CE)
08/03 Internacional 2 x 0 Náutico
13/03 Internacional 1 x 2 Botafogo (PB)
16/03 Internacional 1 x 0 Ponta Preta
27/03 Internacional 0 x 1 Santos
30/03 Internacional 2 x 1 São Paulo de Rio Grande
03/04 Internacional 4 x 1 Atlético Goianiense
06/04 Internacional 5 x 0 Bahia
09/04 Internacional 2 x 1 Atlético Mineiro
23/04 Internacional 1 x 3 Atlético Mineiro
04/05 Internacional 3 x 1 Bahia
07/05 Internacional 4 x 0 Atlético Goianiense
11/05 Internacional 2 x 1 Guarani
14/05 Internacional 2 x 1 Palmeiras
18/05 Internacional 1 x 0 Cruzeiro
21/05 Internacional 1 x 1 Atlético Mineiro
25/05 Internacional 0 x 3 Atlético Mineiro
Inter Ficou em 3 Lugar

    Copa Libertadores de 1980
23/03 Internacional 0 x 0 Vasco da Gama
13/04 Internacional 1 x 0 Deportivo Táchira (VEN)
16/04 Internacional 1 x 2 Galícia (VEN)
20/04 Internacional 2 x 1 Vasco da Gama
27/04 Internacional 4 x 0 Deportivo Táchira (VEN)
30/04 Internacional 2 x 0 Galícia (VEN)
13/06 Internacional 1 x 0 Vélez Sarsfield (ARG)
25/06 Internacional 3 x 1 Vélez Sarsfield (ARG)
02/07 Internacional 0 x 0 América de Cali (COL)
10/07 Internacional 0 x 0 América de Cali (COL)
30/07 Internacional 0 x 0 Nacional (URU)
06/08 Internacional 0 x 1 Nacional (URU)
Inter Vice Campeão

              Campeonato Gaúcho de 1980
22/06 Internacional 2 x 0 Novo Hamburgo
29/06 Internacional 2 x 0 Gaúcho
06/07 Internacional 0 x 0 Pelotas
13/07 Internacional 3 x 2 Internacional de Santa Maria
16/07 Internacional 1 x 0 Farroupilha
21/07 Internacional 1 x 1 Guarany de Bagé
24/07 Internacional 0 x 1 Lajeadense
27/07 Internacional 4 x 1 Esportivo
03/08 Internacional 0 x 2 Caxias
10/08 Internacional 0 x 1 Juventude
13/08 Internacional 0 x 0 Grêmio Bagé
17/08 Internacional 0 x 0 São Paulo de Rio Grande
20/08 Internacional 0 x 0 Brasil de Pelotas
24/08 Internacional 2 x 2 Grêmio
28/08 Internacional 0 x 1 São Borja
31/08 Internacional 0 x 1 Pelotas
04/09 Internacional 1 x 0 Gaúcho
07/09 Internacional 2 x 0 Brasil de Pelotas
10/09 Internacional 5 x 0 Guarany de Bagé
14/09 Internacional 3 x 0 Grêmio Bagé
17/09 Internacional 0 x 1 Esportivo
21/09 Internacional 1 x 0 Novo Hamburgo
25/09 Internacional 1 x 1 São Paulo de Rio Grande
28/09 Internacional 1 x 1 Juventude
01/10 Internacional 5 x 1 São Borja
05/10 Internacional 2 x 0 Farroupilha
08/10 Internacional 4 x 1 Lajeadense
12/10 Internacional 2 x 0 Caxias
15/10 Internacional 1 x 0 Internacional de Santa Maria
19/10 Internacional 1 x 0 Grêmio
22/10 Internacional 1 x 0 Novo Hamburgo
26/10 Internacional 3 x 0 Internacional de Santa Maria
29/10 Internacional 4 x 1 Juventude
02/11 Internacional 6 x 1 São Borja
05/11 Internacional 0 x 0 Grêmio
09/11 Internacional 2 x 0 Novo Hamburgo
12/11 Internacional 2 x 1 Internacional de Santa Maria
16/11 Internacional 4 x 0 Juventude
19/11 Internacional 1 x 2 São Borja
23/11 Internacional 0 x 0 Grêmio
Inter Vice Campeão

     Torneio Villa de Madrid de 1980
19/08 Internacional 1 x 3 Ajax - HOL (Estádio Vicente Calderón)
20/08 Internacional 2 (5) x (6) 2 CSKA Sofia - BUL (Estádio Vicente Calderón)
Inter ficou em 3º Lugar

     Torneio Casa Blanca ou Copa Mohammed V de 1980
23/08 Internacional 7 x 0 Mogreb Atletica  Tetuan - MAR (Estádio De Honor)
24/08 Internacional 1(4) x (5) 1 Atlético de Madrid - ESP  (Estádio De Honor)
Inter ficou em 2º Lugar











6 comentários:

  1. Poster 1 - Gasperin,Toninho,Mauro Pastor,Mauro Galvão,Tonho e Claudio Mineiro.
    Jair,Cleo,Adilson,Batista e Mario Sergio.

    Poster 2 - João Carlos,Mauro Pastor,Benitez,Larri,Tonho e Claudio Mineiro.
    Jair,Adilson,Mario,Borracha e Mario Sergio.

    Poster 3 - Claudio Mineiro,Beliato,Benitez,Mauro Pastor,João Carlos e Tonho.
    Jair,Mario,Claudiomiro,Batista e Adilson.

    ResponderExcluir
  2. Quem era o número 5 no time de 1980 ?

    ResponderExcluir
  3. Quais jogadores utilizaram a numero 9 entre 80 e 82?

    ResponderExcluir
  4. é o seguinte, sobre materialismo histórico, ou seja, a história pode se repetir, e de uma forma pior. O Internacional politicamente falando, todas as frentes deveriam se unir para proteger o clube. Mesmo com diferenças. Vide o desastre que o sr. Píffero fez por lá. Bem, esse raciocínio q passo aqui, é pq depois o inigualável título de 79, aquele colégio eleitoral (pô, no clube do povo?) da época, uma ditadurazinha vermelha (vejam bem, sou colorado, mas não sou burro), deu um pé no presidente feijó. Depois veio a venda do Falcão na hora de uma decisão de libertadores. A coisa seguiu, pois, acreditou o sr. Azmuz, que o Cléo seria o novo bolo-bola. Q erro de leitura, meu Deus. E segue, com a destruição do time, e não agregar o que já dava certo. Ficamos em terceiro ou quarto em 1980, mas como poderíamos competir com o fla de Zico e cia.? Não obviamente desmantelando um elenco. A reposição, em certa proporção, foi o Ruben Paz. Demorou. Jamais montamos um time digno nessa época. A diretoria daqueles tempos, não conseguiu unir Gilmar Rinaldi, Winck, Mauro Galvão, Aloísio, Branco, Batista, Jair, Dunga, Cléo, Geraldão e Tato. Pelo contrário, abastecemos a concorrência, dando o Rinaldi pro São Paulo; Branco e Tato pro flu; Jair foi dar o título intercontinental pro Peñarol; Batista foi pro Grêmio jogando ainda o fino da bola. Ah, teve o Mário Sérgio ainda, bah! Ainda passou pelo Beira-Rio o Assis e o Washington. Que nem em 2011, aquele Inter do Falcão estava no caminho certo, mas a leitura foi errada. Vide o Ricardo Gullar. Em 2014, o Abelão nos levou à Libertadores, o que fizeram ? Foram buscar supostas soluções mágicas. E deu no que deu. Aprender com erros passados ainda me parece moderno.

    ResponderExcluir